Nota em Repúdio aos atos terroristas

A Frente Paulista em Defesa do Serviço Público, coletivo composto por mais de 80 associações, sindicatos e entidades representativas do funcionalismo público paulista, que defendem a democracia como forma de expressão da dignidade humana e preservação dos direitos dos cidadãos, e lutam pela defesa, consolidação e respeito aos direitos dos servidores públicos do Estado de São Paulo, vem a público, PARA SOMAR-SE ÀS ENTIDADES, CENTRAIS SINDICAIS e CONFEDERAÇÕES de servidores públicos e trabalhadores brasileiros, para manifestar seu mais veemente REPÚDIO aos atos terroristas que tomaram a Praça dos Três Poderes na Capital Federal. Atos esses que devastaram as instalações das sedes dos Poderes constituídos, destruindo, igualmente, o patrimônio histórico e cultural que se encontrava nos prédios, bem como documentos processuais e mobiliário; roubando, inclusive, armamento e parte da memória documental de nossas Constituições, desde a do Império até um exemplar da Constituição de 1988, conhecida como Constituição Cidadã.

Declaramos NOSSO IRRESTRITO APOIO a toda e qualquer ação e decisão já adotadas e as que vierem a ser, por parte do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, legítimo e democraticamente eleito pelo povo brasileiro dentro de um processo eleitoral que o levou de volta ao Planalto. Apoiamos também as ações e as decisões provenientes do Poder Judiciário e, também, do Congresso Nacional, notadamente as de identificação e responsabilização, nos termos da lei, de financiadores, organizadores e agitadores detidos, todos responsáveis direta ou indiretamente pelos atos de TERROR, bem como a instalação de Comissão Parlamentar de Inquérito visando coibir novas ações que desestabilizam a ordem democrática e espalham o terror.

Queremos a PAZ, a ORDEM PÚBLICA e o ACATAMENTO À DECISÃO POPULAR expressa pelas urnas, inclusive com a subordinação das Forças Armadas Brasileiras e das Polícias de maneira geral.

Em contraposição à leniência, ao terror financiado pelo agronegócio e pelo capital financeiro e empresariado bolsonaristas, QUE TIVERAM NO GABINETE DO ÓDIO o seu maior organizador. EXIGIMOS que o Governador do Estado de São Paulo, Tarcísio de Freitas, NÃO SE OMITA diante do TERROR praticado no Distrito Federal, atuando em São Paulo de forma firme e explícita CONTRA todas as ações de grupos terroristas bolsonaristas que se colocam nas ruas e avenidas, em frente aos locais públicos de grande fluxo popular, instalações de abastecimento de combustível e outros. Conclamamos o imediato fechamento dos acampamentos terroristas, cujo fim já foi determinado pelo Órgão Máximo da Justiça Brasileira, o STF, restituindo às cidadãs e aos cidadãos paulistas, que, de forma civilizada e organizada, acataram a decisão das urnas, a garantia da paz, do direito de ir e vir e a subordinação das forças policiais a tais princípios fundamentais da República brasileira.

NÃO AO TERROR BOLSONARISTA!

PELA CASSAÇÃO DOS DIREITOS POLÍTICOS DE JAIR BOLSONARO! 

APOIO A TODOS AOS ATOS EM DEFESA DA DEMOCRACIA E AO ESTADO DE DIREITO!

São Paulo, 09 de janeiro de 2023

Assinam esta Nota de Repúdio as entidades da Frente Paulista em Defesa do Serviço Público.

[ Notícias relacionadas ]

Moção de Apoio à Deputada Federal Luciene Cavalcante (PSOL-SP)

Funcionalismo

Exigimos medidas enérgicas e exemplares contra atos terroristas

Assetj

O garoto "malvadão" de Chicago

Opinião