Pública presente nos atos em São Paulo

por Raquel Munhoz

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Representando a Pública Central do Servidor, a Fespesp e a Assetj, o presidente José Gozze participou dos atos deste dia 7 de setembro, em São Paulo. Pela manhã do 27º Grito dos Excluídos, na Praça da Sé e à tarde no Vale do Anhangabaú.

Organizado pela Pastoral do Povo de Rua e movimentos populares, o ato iniciou com distribuição de café da manhã a milhares de pessoas em situação de vulnerabilidade. Em seguida, lideranças sociais e sindicais discursaram e seguiram em marcha, passando pelo Pátio do Colégio e finalizando no Largo São Francisco. O presidente José Gozze falou dos cerca de 14 milhões de brasileiros que estão passando fome em todo país, contestou o confisco de aposentados e pensionistas pelo Governo Estadual e alertou sobre os prejuízos Reforma Administrativa (PEC 32), em tramitação no Congresso Nacional: “a Reforma Administrativa passa todos os direitos e serviços públicos para a iniciativa privada. Se aprovada, direitos como SUS e escolas públicas serão privatizadas. Por isso, temos que derrubar a Reforma Administrativa”, completou.

Já no período da tarde, milhares de pessoas estiveram no vale do Anhangabaú, também na região central de São Paulo, participando do ato das centrais e movimentos, com distribuição de cestas básicas e mobilização pelo Fora Bolsonaro e Mourão.

Gozze também participou e falou sobre a democracia como instrumento de luta: “não temos armas e motos, mas temos a democracia no coração e na mente. Com a democracia vamos mudar o Brasil e fazer um país mais humano, mas antes temos que tirar o Bolsonaro.” Também criticou o presidente da Câmara Arthur Lira, que está segurando os processos de impeachment e acelerando a Reforma Administrativa. “Com essa Reforma, o número de excluídos será ainda maior do que temos hoje”, finalizou.

[ Notícias relacionadas ]

Professora Bebel convoca audiência pública pelo fim do confisco

Funcionalismo

Frente Paulista convoca Twittaço contra o Confisco

Funcionalismo

Você sabe o que é e como funciona nossa campanha salarial?

Funcionalismo