Gozze participa de Audiência da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado

9 de abril de 2024

Categorias: Funcionalismo

O presidente da Pública Central do Servidor, José Gozze, esteve presente na Audiência da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa, requerida pelo Senador Paulo Paim (PT-RS) e realizada na manhã desta segunda-feira, 08 de abril. A sessão contou também com a participação de José Feijóo, Secretário de Relações de Trabalho, do Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI), e de Fausto Augusto Junior, sociólogo e Diretor técnico do DIEESE. O vice-presidente da Pública, Wanderci Polaquini, também esteve na audiência como ouvinte. 

Em meio à contribuição de outras lideranças nacionais e estaduais do serviço público, Gozze fez uma exposição contundente sobre a situação dos servidores públicos no Brasil. Em seu discurso, destacou a importância do Senador Paulo Paim como defensor incansável dos servidores públicos no Congresso Nacional, enfatizando que Paim representa não apenas o Rio Grande do Sul, mas todo o país nessa causa. Além disso, Gozze reconheceu o papel essencial dos membros do Grupo de Trabalho da Convenção 151 da OIT, que enfrentam desafios significativos na mediação entre as demandas dos servidores e as políticas governamentais em constante mudança.

O presidente da Pública salientou as dificuldades enfrentadas pelos servidores públicos, que sofrem com a falta de valorização e reconhecimento de seu trabalho. Ressaltou a necessidade urgente de reajustes salariais anuais, conforme previsto pela Constituição, e criticou a morosidade do Governo em atender às demandas dos servidores. Além disso, lamentou a falta de preocupação das instâncias governamentais com o bem-estar dos aposentados e pensionistas, que muitas vezes são negligenciados em questões fundamentais, como reposição salarial e direitos previdenciários.

Por fim, Gozze enfatizou a importância da união e da luta contínua dos servidores públicos em busca de seus direitos trabalhistas e condições dignas de trabalho. Também mencionou a necessidade de fortalecer as mesas de negociação e buscar soluções colaborativas antes de recorrer à greve, reforçando o compromisso dos servidores com a prestação de serviços públicos de qualidade à população brasileira.

Assista aqui à fala do presidente José Gozze:

por Raquel Munhoz

Notícias relacionadas

Funcionalismo

Judiciários SP marcam nova assembleia geral

Funcionalismo

Dirigentes de entidades participam de reunião com representantes do TJSP

Funcionalismo

Assetj assina moção de apoio à greve das Instituições Federais de Ensino Superior

Para onde você quer viajar?

Confira todos os nossos destinos e aproveite.

Pousadas, hotéis, colônias, clubes, cruzeiros, resorts, destinos personalizados, pacotes completos e excursões.

Delivery de Cestas Básicas

Entregamos no conforto da sua casa!

Frete grátis para Grande São Paulo.
Pagamento no débito em conta Assetj, cartão de crédito, transferência ou boleto.

Existimos por você!

Nosso compromisso é o seu bem-estar

Com a exclusividade e os benefícios que só a gente tem!
Seja nosso/a associado/a e fortaleça a luta em defesa dos serviços públicos de qualidade e valorização dos servidores