MANIFESTO POR UMA VACINA UNIVERSAL E SEM PATENTE!
////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////
14/12/2020 - Frente Paulista em Defesa do Serviço Público / Por Frente Paulista em Defesa do Serviço Público
 

Com o prenúncio da aprovação de vacinas no Brasil, alguns pontos de preocupação emergem:

  1. A aprovação de uma ou mais das vacinas candidatas contra o Sars-Cov-2 deve estar acompanhada de um plano amplo e irrestrito de vacinação, de alcance nacional e caráter universal.

  2. O Brasil, com suas dimensões continentais, seja pelo número de pessoas, seja pela extensão territorial, impõe desafios complexos e, por isso, entendemos que haverá necessidade de que o plano estabeleça priorização das pessoas que receberão a vacina. A priorização deve considerar os maiores riscos de contaminação e morte a partir de critérios de saúde, inclusive socioeconômicos. 

  3. A vacinação não deve se fiar por disputas políticas ou econômicas, e deve ser entendida como política pública de escala mundial absolutamente urgente e basilar para a manutenção da saúde e da vida das pessoas. As vacinas candidatas devem ser analisadas a partir de critérios científicos, com eficácia, eficiência e efetividade comprovadas. Não é aceitável, em hipótese nenhuma, que critérios geopolíticos impeçam a vacinação de caráter universal. Mais ainda, a produção e distribuição das vacinas aprovadas não podem ser regidas por viés exclusivamente comercial, que vise essencialmente lucro. 

 

Por isso defendemos:

  1. Que a aprovação da(s) vacina(s) se baseie em critérios científicos, após análise dos órgãos competentes, sem ingerência política de qualquer natureza. 

  2. A vacinação ampla e irrestrita, com plano nacional universal, e estabelecimento de priorização para estratos da população com maior susceptibilidade à contaminação e/ou morte, como profissionais da saúde, pessoas com morbidades e mais de 60 anos, além das comunidades social e economicamente vulnerabilizadas. O plano nacional deve contar com a participação da sociedade científica, respeitando suas análises, sem ingerências ou apropriação de seus nomes e competência de forma não autorizada. 

  3. O plano nacional deve incluir aspectos logísticos que se balizem pelo princípio da universalidade, numa grande campanha nacional para que todas as pessoas tenham acesso à vacina.

  4. A tecnologia e a produção das vacinas devem ter caráter público com o objetivo absolutamente prioritário de preservar vidas humanas e, para atingir esse objetivo, devem ser livres de patentes em consonância com os preceitos básicos do SUS: o da acessibilidade e da universalidade. A urgência global coloca a queda de patente como ação humanitária, uma vez que a priorização de acesso deve seguir critérios que privilegiem a proteção à vida de todos os seres humanos, independente da sua nacionalidade, raça, etnia, gênero ou condição socioeconômica.

  5. Em hipótese nenhuma aceitaremos que países ricos tenham prioridade de aquisição e acesso, relegando a vacinação a países pobres e emergentes.  

 

POR UMA VACINA UNIVERSAL E SEM PATENTE!

 

Frente Paulista em Defesa dos Serviços Públicos

 

14 de dezembro de 2020

 

 
 
 
18/1/2021 - Governo do Estado de S. Paulo
Vacina do Butantan aprovada! Faça o pré-cadastro---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
18/1/2021 - Frente Paulista em Defesa do Serviço Público
Frente Paulista delibera ações em defesa da vida e do serviço público---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
6/1/2021 - Assetj
Retorno TJSP---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
6/1/2021 - Assetj
2021: problemas e desafios---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
15/1/2021 - Frente Paulista em Defesa do Serviço Público
MANIFESTO PELA VACINAÇÃO DE TODAS AS PESSOAS E EM DEFESA DOS SERVIÇOS PÚBLICOS---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
15/1/2021 - Brasil Pela Democracia
Panelaço #BrasilSufocado---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
1/8/2021 - Jornal Agora S. Paulo
Cidade de São Paulo estima vacinar 600 mil pessoas por dia---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
1/11/2021 - Fespesp
Twittaço contra o retorno presencial às aulas sem vacina---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Filiada à:
            
 
 
Links úteis:
        
      
 
 
 
Associação dos Servidores do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo
Rua Tabatinguera, 91 - São Paulo - SP - Cep 01020-001 - Fone: (11) 3291-4077
 
 
Agenda eletrônica