PÚBLICA emite nota de Repúdio à reportagem da TV Globo que ataca os servidores
////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////
13/8/2020 - Pública Central do Servidor / Por Pública Central do Servidor
 

A Pública Central do Servidor repudia veementemente as notícias falsas e manipuladas e divulgadas no jornalismo da Rede Globo, sobre estudo mentiroso do Instituto Millenium, fundado pelo algoz do serviço público, o Ministro Paulo Guedes.

A NOTA 

A Pública – Central do Servidor e todos os Sindicatos, Federações, Confederações e Associações filiados e representantes de todos trabalhadores servidores públicos de cada município e Estado, mais os do Distrito Federal e da União, a fim de esclarecer a todo o povo brasileiro e buscando estabelecer a verdade frente a matéria veiculada nesta última segunda-feira, dia 10/08/2020, no Jornal Nacional da TV Globo, nos telejornais da Globonews e no Estadão, sobre divulgação de Estudo do Instituto Millenium, apresentando conclusões eivadas de silogismo raso e, por isso, absolutamente falsas, baseadas em dados manipulados e distorcidos, produzindo comparações absurdas quanto às despesas com o serviço público, tão vital e fundamental a cada um dos mais de 200 milhões de brasileiros e brasileiras, separando-as das despesas com os servidores, sem os quais não existe, não se realiza nenhum dos serviços públicos nas áreas fundamentais, tais como as das Saúde, Educação, Segurança públicas.

Os meios de comunicação, sem checagem ou análise crítica do Estudo do Instituto Millenium que deram divulgação, somente o reproduziu dando destaque às comparações do que não se pode comparar sem leviandade e que acabam em conclusões e afirmações sobre os gastos com o serviço público e com os servidores, totalmente falsas, exatamente ao tentar separá-los, como absolutamente distintos, o que é impossível. Um exemplo desse tipo de comparação tosca foi a apresentação do gasto com todos os servidores brasileiros, de todas as áreas e Unidades da Federação, totalizando 13,7% do PIB, separando-o do gasto com Educação (6% do PIB) e com a Saúde (4% do PIB ), afinal o salário pago aos servidores fazem parte integralmente do total gasto com a Educação e Saúde , bem como de todos os demais serviços públicos, pois que é impossível o Estado prestar serviços de Educação, com as Escolas funcionando sem o trabalho dos professores, pedagogos, técnicos de educação, assim como na Saúde Pública, com hospitais, Postos de Saúde funcionando sem médicos, enfermeiros, auxiliares.

Identifica-se uma evidente tentativa de se jogar a opinião pública contra os trabalhadores servidores públicos, interesse e objetivo muito mais absurdos, abjetos neste momento que todos nós brasileiros estamos enfrentando os sofrimentos e crises da pandemia, dos quais se precisará muitíssimo mais dos serviços públicos que somente e exclusivamente acontece pelo trabalho dos servidores.

Com todo respeito aos economistas do Instituto Millenium, que conta entre seus fundadores com o Ministro da Economia Paulo Guedes, que tem conhecimento, expertises e Autoridade Moral para falar e propor sobre a Administração Pública, suas políticas, estrutura, práticas na prestação dos serviços públicos sãos os servidores e quem tem interesse legítimo e moral de criticá-los são os mais de 200 milhões de brasileiros, que financiam os serviços públicos pagando os tributos (impostos, taxas e contribuições).

Quem tem o interesse e objetiva de lucrar privatizando os serviços públicos na Educação, saúde, Saneamento básico, etc, se apropriando dos tributos pagos pelo povo brasileiro, ´não se pode considerar opinião, estudo e suas comparações e conclusões falsas e absurdas, com base em dados manipulados e distorcidos.

 

                       José Gozze – Presidente

 
 
 
14/10/2020 - Estadão
Assembleia de SP aprova pacote fiscal de Doria---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
7/10/2020 - Assetj
Mais um dia de derrota ao Governo Doria e ao PL 529/2020---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
9/10/2020 - Uol
Acordo com governo de Bolsonaro e parlamentares para incluir atuais servidores, exceto militares---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
27/9/2020 - Pública Central do Servidor
Carta aberta à Rede Globo---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
4/10/2020 - Assetj
Suspender pagamento dos precatórios alimentares é “vírus” do calote constitucional---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
6/10/2020 - Assetj
Tuitaço #NãoAoPL529---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
6/10/2020 - AMB
Assetj assina Manifesto em Defesa da Democracia e do Judiciário---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
13/10/2020 - Frente Paulista em Defesa do Serviço Público
Tuitaço #NaoAoPL529---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Filiada à:
            
 
 
Links úteis:
        
      
 
 
 
Associação dos Servidores do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo
Rua Tabatinguera, 91 - São Paulo - SP - Cep 01020-001 - Fone: (11) 3291-4077
 
 
Agenda eletrônica